Magic Numbers


Depois que deixei de utilizar Magic Numbers em minhas aplicações, as coisas se tornaram muito mais fáceis e flexiveis, inclusive para as outras pessoas que trabalham comigo. Além deixar de utilizá-los em controles de laços For Next, mudei a minha forma de recuperar os dados de meus DataReaders, onde defino as constantes com os nomes das colunas e seus respectivos valores que, são números inteiros que correspondem ao índice do campo que desejamos recuperar.

Um exemplo disso é exibido no código abaixo:

     #region ” Colunas da DB “
     const int ID = 0;
     const int NOME = 1;
     const int EMAIL = 2;
     #endregion

     Cliente c = new Cliente();
     //….
     c.Email = dr.GetString(EMAIL);
     c.ID = dr.GetInt32(ID);
     c.Nome = dr.GetString(NOME);

Isso também é uma das boas práticas que é explicado no bom livro chamado Code Complete. E antes que me perguntem se isso causa impacto na performance, eu já adianto que não, pois quando trabalhamos com constantes, ao compilar o código o compilador substitui automaticamente essas constantes pelo seu valor correspondente.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s