WebParts – Conexões


As conexões entre as WebParts permitem-nos estabelecer ligações entre elas e, conseqüentemente, gerar um conteúdo baseado em um valor que a mesma receberá como uma espécie de parâmetro. Essas ligações utilizam um conceito de produtor e consumidor. O produtor é quem disponibiliza o valor para que as WebParts possam fazer o uso; já o consumidor são as WebParts que consumirão o conteúdo e, baseando-se nele, gerará um conteúdo ou tratará da forma que achar conveniente.

Existem dois tipos de conexões: estáticas e dinâmicas. A primeira delas, estáticas, são criadas em tempo de desenvolvimento e colocadas dentro da seção StaticConnections do controle WebPartManager, ou seja, temos as conexões já pré-definidas; as conexões dinâmicas permitem ao usuário final da aplicação criar as conexões automaticamente, através de um catálogo do tipo ConnectionsZone, que veremos mais tarde, ainda nesta seção. O controle WebPartManager também é responsável por gerenciar todas as conexões, estáticas e dinâmicas.

Para que seja possível termos qualquer uma dessas conexões, precisamos definir as WebParts que serão as produtoras e as WebParts que serão as consumidoras. Para efetuarmos essa “amarração”, é necessário criar uma Interface pública em que o produtor deverá implementá-la. Essa Interface será utilizada para aqueles consumidores que estão interessados em resgatar os dados do produtor.

Podemos ver em nosso exemplo que há uma WebPart em que dentro dela há um controle do tipo DropDownList que dispõe todas as temporadas disponíveis da série 24 Horas. A idéia aqui é, selecionada uma dessas temporadas, todas as WebParts da página (DVD, Personagens e Galeria de Fotos) deverão customizar seu conteúdo baseando-se na temporada escolhida. Como já falamos acima, devemos inicialmente criar a Interface pública que será utilizada para a troca de informações:

public interface IConnection
{
    int TemporadaId { get; }
}

Com a Interface criada precisamos, neste momento, customizar o produtor e os consumidores. Inicialmente, devemos implementar essa Interface dentro da WebPart que disponibilizará o conteúdo. Como temos um WebUserControl (ASCX) que disponibiliza a temporada selecionada, vamos implementar essa Interface nele e expor o valor selecionado do controle DropDownList. O resultado dessa implementação ficará da seguinte forma:

public partial class UserControls_Episodios : 
    System.Web.UI.UserControl, IConnection 
{
    // removido para poupar espaço

    public int TemporadaId
    {
        get
        {
            return Convert.ToInt32(this.ddlTemporadas.SelectedValue);
        }
    }

    [ConnectionProvider("Identificação da Temporada")]
    public IConnection GetInterfaceConnection()
    {
        return this;
    }
}

Analisando o código acima, podemos reparar que além da propriedade TemporadaId exposta pela Interface também precisamos criar um método denotado com o atributo ConnectionProvider que retornará uma referência do produtor para que o controle WebPartManager possa extrair os dados e, conseqüentemente, mandar aos consumidores do mesmo.

Com o produtor finalizado, precisamos, neste momento construir o(s) consumidor(es) que fará uso do valor exposto pelo produtor. Nas WebParts, que serão as consumidoras desses valores, apenas deverá conter um método, denotado com o atributo ConnectionConsumer e, como parâmetro obrigatório, deverá receber um elemento do tipo IConnection, que é a Interface utilizada para estabelecer a conexão. A implementação é mostrada através do código abaixo onde, depois de verificado se não é uma instância nula, passamos o Id da temporada para se efetuar uma busca na base de dados para retornar o DVD correspondente:

public partial class UserControls_DVDs : 
    System.Web.UI.UserControl
{
    // removido para poupar espaço

    <ConnectionConsumer("Identificação da Temporada")]
    public void DefineTemporada(IConnection temporada)
    {
        if(temporada != null)
        {
             this.FindDVDsInDB(temporada.TemporadaId);
        }
    }
}

Conexões Estáticas

Como falamos um pouco acima, a conexão estática é definida no interior da seção StaticConnections do controle WebPartManager. Para exemplificar essa conexão, abaixo iremos configurar o controle WebPartManager para possibilitar a conexão entre as WebParts que configuramos acima:

<asp:WebPartManager ID="WebPartManager1" runat="server">
    <StaticConnections>
        <asp:WebPartConnection 
            ID="Conexao1" 
            ProviderID="Episodios1" 
            ConsumerID="DVDs1" />
        <asp:WebPartConnection 
            ID="Conexao2" 
            ProviderID="Episodios1" 
            ConsumerID="Personagens1" />
    </StaticConnections>
</asp:WebPartManager>

Como podemos ver, definimos nos atributos ProviderID e ConsumerID o ID do produtor e consumidor respectivamente. Neste tipo de conexão, tudo é feito de forma automática, ou seja, assim que o valor for alterado, automaticamente o ASP.NET notifica os consumidores para que eles possam se adequar de acordo com o valor selecionado.

Conexões Dinâmicas

As conexões dinâmicas permitem ao usuário final da aplicação criar as conexões quando achar conveniente, ou seja, ao invés de você deixar as conexões explícitas no código, dentro da seção StaticConnections do controle WebPartManager, você adiciona na sua página um controle do tipo ConnectionsZone. É importante lembrar que mesmo nas conexões dinâmicas é necessário a criação do produtor e consumidor acima descritos.

Um outro ponto importante é que esta zona/controle somente estará disponível quando a propriedade DisplayMode do controle WebPartManager estiver definida como ConnectDisplayMode, como é mostrado na seção de Manipulação e Configuração. Depois do controle adicionado à página e a propriedade DisplayMode devidamente configurada, quando rodarmos a aplicação um verbo chamado Connect (Imagem 1) estará disponível para as WebParts produtoras e consumidoras. Sendo assim, ao clicar em algum deles, o controle ConnectionsZone será exibido para você optar em qual WebPart quer se conectar.

Figura 1 – Verbo Connect.

Quando o controle ConnectionsZone é exibido são exibidas duas possibilidades, onde uma delas permite criar a conexão para um produtor e a outra permite criar a conexão para um consumidor. Quando clicamos no verbo Connect de um determinado consumidor são listados dentro do controle ConnectionsZone todos produtores em que o consumidor pode se conectar; já quando clicamos no mesmo verbo, agora de um produtor, teremos a disposição no controle ConnectionsZone todos os consumidores que podem conectar-se a este produtor. A imagem abaixo mostra o passo-à-passo de como gerar uma conexão entre o consumidor e o produtor:

Figura 2 – Gerando as conexões a partir do controle ConnectionsZone.

Depois de gerada a conexão, o controle ConnectionsZone exibe a lista das conexões efetuadas, como é mostrado na imagem abaixo:

Figura 3 – Conexões geradas.

 WebParts.zip (293.75 kb)

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s