Strong Name Bypass


Um dos passos necessários durante a carga do Assembly é análise da assinatura do Strong Name. Independentemente do Code Access Security, essa análise sempre é realizada e muitas aplicações pagam esse preço sem ao menos utilizá-lo. A partir do SP1 do .NET Framework 3.5, a Microsoft incluiu uma funcionalidade chamada de Strong Name Bypass, não mais fazendo essa verificação e, consequentemente, tendo um ganho de performance durante a sua inicialização.

Essa análise não será mais realizada para Assemblies que são carregados em um ambiente full-trusted. Obviamente que essa análise acontecerá quando, para computar a segurança, voce levar em consideração o Strong Name. Se, por algum motivo, voce quiser reabilitar a verificação, então pode recorrer ao elemento bypassTrustedAppStrongNames, definindo o atributo enabled para false, assim como é mostrado abaixo, utilizando o arquivo de configuração:

<configuration>
    <runtime>
        <bypassTrustedAppStrongNames enabled=”false”/>
    </runtime>
</configuration>

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s