Impacto de Timeouts no Proxy WCF


Como comentei neste post, as exeções influenciam diretamente na vida útil do proxy de um serviço WCF. Da mesma forma, quando eventuais timeouts acontecem no serviço, isso também faz com que o proxy seja movido para um estado falho, mas não diretamente.

Isso acontece para aqueles bindings que suportam sessão, onde depois de um tempo de inatividade, a sessão que é mantida do lado do serviço para aquele cliente, será expirada, fazendo com que o canal de comunicação do serviço entre em um estado falho, não podendo mais receber requisições.

Neste momento, o proxy correspondente ainda continua aberto e íntegro, até que ele envie uma próxima requisição até o serviço que está falho, e que por sua vez, irá disparar uma exceção e retornará uma fault para o cliente, que ao recebê-la, irá mover o proxy para um estado falho e, consequentemente, nenhuma outra requisição poderá ser realizada a partir daquele proxy, a menos que você o reconstrua, podendo utilizar a mesma técnica mostrada no post anterior.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s